Setor de Tecnologia em Nutrição Vegetal cresce 13%, aponta anuário
27/06/2016

Ao contrário da maioria dos setores da economia brasileira, o mercado de Tecnologia em Nutrição Vegetal apresentou, em 2015, alta de 13%. Outra informação promissora é que 7% do faturamento das empresas do setor foram destinados a investimento em pesquisas relacionadas à área. Os dados fazem parte da segunda edição do Anuário Brasileiro de Tecnologia de Nutrição Vegetal, da Abisolo (Associação Brasileira das indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal), lançado durante a Hortitec 2016, em Holambra, interior de São Paulo.

No Brasil, 414 empresas registradas atuam no mercado de Tecnologia e Nutrição Vegetal, deste total, 41% estão localizadas no Estado de São Paulo. Em 2015, a indústria faturou R$ 5,2 bilhões. Ainda de acordo com o levantamento Abisolo, o investimento em pesquisa (7%) representou R$ 350 milhões do faturamento total. Como recursos para pesquisa, a tendência é que o setor cresça mais ainda e o que o produtor rural passe a ter mais acesso a esse tipo de produto. Em toda sua cadeia, a indústria de Nutrição Vegetal gera 14,4 mil empregos diretos. Para este ano, a expectativa é que o crescimento fique na casa de dois dígitos, prevê a pesquisa da Abisolo. Para mais informações sobre a pesquisa, acesse o site da Abisolo.

© 2017 - ArtCom Assessoria de Comunicação - webdesign CG Propaganda