Lançamento de tecnologia inovadora garante mais qualidade para água
28/03/2012

Lançamento mundial das sondas AP 2000 e AP 7000 trazem inovações nunca vistas nos mercados para monitoramento da qualidade da água

Eficiência, facilidade e precisão. Essas são algumas das características da nova linha de sondas multiparamétricas Aquaread , que a Ag Solve lança no Brasil, simultaneamente com a Aquaread, na Inglaterra. Com funções inéditas e sem concorrência no mercado nacional, as novas sondas se destinam ao monitoramento da qualidade da água em estações de tratamento de água (ETA), estações de tratamento de esgoto (ETE), indústrias, bacias hidrográficas, poços, aquíferos (low flow subterrâneo), entre outros locais.

Totalmente inovadoras, as sondas AP 2000 e AP 7000 podem ser utilizadas para monitoramento portátil, semi-fixo ou telemétrico da qualidade da água. Por meio delas, é possível avaliar de 11 a 17 variáveis, dependendo da configuração, e assim medir diversos parâmetros (turbidez, clorofila “A”, algas azuis, amônio e amônia, cloretos, fluoretos, nitratos e cálcio, etc) medindo a quantidade de elementos presentes na água.

De acordo com Mauro Banderali, especialista em instrumentação ambiental da Ag Solve, “a sonda de qualidade das águas AP 2000 é pequena e flexível, ideal para monitoramentos portáteis ou semi-fixos com terminal de campo com GPS e barômetro integrados. Já as sondas AP 7000 são ideais para aplicações de médio e longo prazo de monitoramento. Têm baixas manutenção e limpeza em função de dois limpadores que agem em todos os sensores -- fato inédito --eliminando depósitos de particulados ou precipitados e mantendo os sensores isentos de interferentes”. Banderali afirma que ambas as sondas possuem características de baixíssima manutenção, robustez e qualidade na medição, além de serem protegidas contra organismos incrustantes.

Características técnicas

A sonda de qualidade das águas AP 2000 é capaz de monitorar, ao todo, sete parâmetros primários de qualidade da água e outros 4 parâmetros primários no terminal de campo com GPS integrado. Já as sondas AP 7000 podem monitorar até dezessete variáveis, já que através do terminal de mão é possível medir latitude, longitude, altitude e pressão barométrica. “Essas flexibilidade de variáveis e eletrodos não tem comparação com qualquer outra sonda do mercado”, assegura Banderali.

Além de cinco parâmetros básicos (temperatura, OD Ótico, CE, pH e ORP), na AP 2000 há a possibilidade de adicionar um sensor ótico e um sensor ISE (Eletrodo de Íons Seletivos). Ainda na fabricação, é possível adicionar também o sensor de profundidade. Já na AP 7000, além da configuração padrão (temperatura, OD Ótico, CE, pH, ORP e profundidade), pode-se optar por até seis eletrodos em qualquer tecnologia, sejam ISE ou óticos, possibilitando a escolha entre doze variáveis primárias em uma única sonda.

Banderali explica que os sensores óticos monitoram parâmetros como turbidez, clorofila “A”, algas azuis, rodamina, florescência e óleo refinado. Já os sensores ISE são aplicados na identificação de nutrientes e compostos como: amônio e amônia, cloretos, fluoretos, nitratos e cálcio, medindo a quantidade de elementos presentes na água.

Para mais informações sobre a linha de Sondas Aquaread, entre em contato com a Ag Solve através do telefone (19) 3825-1991 ou pelo e-mail: vendas@agsolve.com.br.

© 2017 - ArtCom Assessoria de Comunicação - webdesign CG Propaganda