Água e Meio Ambiente Subterrâneo serão destaques em São Paulo
15/09/2011

Fórum de discussão reunirá, pela segunda vez, especialistas nacionais e internacionais para debater temas referentes ao recurso hídrico que abastece a maioria das cidades no Brasil e no mundo

 
São Paulo, Capital, sedia, de 4 a 6 de outubro, o II Congresso Internacional de Meio Ambiente Subterrâneo (II CIMAS), com a presença de especialistas do Brasil, da Alemanha, do Canadá, entre outros países.  Promovido pela Associação Brasileira de Águas Subterrâneas (ABAS), “o evento tem como objetivo principal alertar a sociedade sobre a importância do assunto no presente e as implicações de seu uso sem planejamento para futuras gerações”, afirma o presidente do II CIMAS, Everton de Oliveira, professor das universidades de Waterloo (Canadá) e Universidade Estadual Paulista (UNESP), campus de Rio Claro/SP.
 
Temas como “A água como Fator de Desenvolvimento Econômico” e a “Regulamentação da Lei Estadual de Áreas Contaminadas”, estarão no centro das discussões, que ocorrerão no Centro de Eventos Fecomércio. De longe a principal fonte de água doce disponível no mundo, as águas subterrâneas são abundantes no Brasil, mas uso racional e prevenção à contaminação precisam estar na pauta das autoridades públicas, alerta Oliveira. Trabalhos de preservação, prevenção e recuperação de contaminações em aquíferos são os únicos meios para garantir a conservação dos recursos hídricos subterrâneos e superficiais. “A água subterrânea tem grande importância dentro dos recursos hídricos disponíveis para o desenvolvimento. Só em São Paulo, elas abastecem total ou parcialmente, 75% dos municípios. Por isso, prevenir contaminação e promover a remediação de locais contaminados devem ser ações enfatizadas, pois contaminações na superfície poluem lençóis freáticos, rios, lagos, com consequente contaminação da vegetação e da fauna”, ressalta Oliveira, que também é secretário executivo da ABAS.
 
Confira abaixo a programação principal do evento:
 
CONFERÊNCIAS
 
Dia 04/10 das 11h às 12h
A água como fator de desenvolvimento socioeconômico, que terá como conferencista Benedito Braga, presidente do Fórum Mundial da Água;
 
Dia 05/10 das 17h às 18h
A água no século XXI, conduzida pelo diretor científico do Centre for Environmental Research – Helmholtz Institute, da Alemanha, George Teutsch;
 
Dia 06/10 das 17h às 18h
Cenários da Qualidade das Águas Subterrâneas no Brasil frente às normas CONAMA 396/2008 e CNRH 107/2010, com Paulo Varella, diretor da Agência Nacional de Águas (ANA).
 
 
TALK SHOW
 
Dia 05/10 das 11h30 às 13h – Um debate, no formato talk show, reunirá as principais associações do setor para debater “Sustentabilidade do Meio Ambiente Subterrâneo frente ao Desenvolvimento Econômico”. Participarão, além da ABAS, representada por seu presidente Humberto Albuquerque;  Fernando Kertzman, da Associação Brasileira de Geologia (ABGE);  Arsenio Negro Junior, da Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica (ABMS); Giovana Galante, da Associação  Brasileira das Empresas de Consultoria e Engenharia Ambiental (AESAS); Lupercio Ziroldo Antonio, do  Fórum Nacional dos Comitês das Bacias Hidrográficas; Hugo Cassio Rocha, do Comitê Brasileiro de Túneis; e Ingrid Illich Muller, da Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRH).
 
 
MESAS-REDONDAS
 
Dia 04/10 das 14h30 às 16h30
Regulamentação da Lei Estadual de Áreas Contaminadas, com a presença de Eduardo San Martin (CIESP) e José Eduardo Ismael Lutti do Ministério Público do Estado de São Paulo. Este é um importante instrumento para a saúde das águas e do meio ambiente subterrâneos visto que o  estado possui 3.675 áreas contaminadas conhecidas, sendo que a maior fonte de  contaminação   são os postos de combustíveis (79% do total), seguido das atividades industriais, responsáveis  por 13% das contaminações, de acordo com dados da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), atualizados até dezembro de 2010. 

Dia 05/10 das 14h30 às 16h30
Grandes desafios, grandes soluções, presidida por Jim Barker (Universidade de Waterloo – Canadá), com a participação de Claudio Henrique Dias Guimarães (PETROBRAS) e James Henderson (Dupont). Empresas enfrentam grandes problemas de contaminação e mostrarão quais as grandes soluções encontradas para resolvê-los.
 
Dia 06/10 das 11h30 às 13h00
Restrições de uso de solo e água subterrânea: devo mesmo remediar?, com a participação de David Raynold, professor da  Geosyntec, e Ricardo Borsari, diretor do Departamento de Água e Esgoto (DAEE).
 
Dia 06/10 14h30 às 16h30
Técnicas de Destruição de Massa: eliminação da fonte de contaminação – presidida por Everton de Oliveira (ABAS – Hidroplan); com a participação de Neil Thompson (Universidade de Waterloo, Canadá) e Wilson Jardim (UNICAMP). Grande parte das remediações consiste em remover o contaminante para outro meio, retirando-o do meio ambiente subterrâneo. Sempre que possível, a proposta deve ser destruir o contaminante onde ele se encontra, sem retirá-lo, por meio de reações químicas, o que representa um benefício para o meio ambiente.

 
FENÁGUA
 
Paralelamente ao congresso, será realizada a Feira Nacional da Água (FENÁGUA), que apresentará produtos e serviços para a água, um espaço para exposição, empresarial e institucional, exclusivo para promoção dos negócios do setor. Participarão: ANA,  Ag Solve, Analytical Solutions, Analytical Technology,  Arcadis Tetraplan, ASL - Análises Ambientais, Biogri, CETESB, Clean Environment, Corplab, Doxor, Envirologek Technologies, FMC-Districhem, Fugro Insitu, Gaiatec Sistemas, Geoacqua, Geosyntec, Hidrosuprimentos, Instituto Geológico, ISR – In Situ Remediation, MGA  Ambiental, Phytoetore, Sauber System, Soilution, Support Importação, Trionic e UFZ.

 
PATROCÍNIO E APOIO
 
O II CIMAS será patrocinado por: ANA, Ag Solve, Arcadis Tetraplan, CPRM, Damasco e Penna, Doxor Soluções Ambientais, Envirologek Technologies, Essencis Soluções Ambientais, Geoacqua, Geosyntec Consultants, Hidroplan, Hidrosuprimentos, Oazo, Oxiquimica, Petrobras, Soilution, Trionic e Vale S.A.  
 
E contará com o apoio de: Associação Brasileira de Empresas de Engenharia de Fundações e Geotecnia (ABEF); Associação Brasileira de Resíduos Sólidos e Limpeza Pública (ABLP); Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica (ABMS); Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE);  Associação Brasileira das Empresas de Consultoria e Engenharia Ambiental (AESAS); Instituto das Águas do Paraná; Centro de Pesquisa de Águas Subterrâneas (CEPAS); Centro de Capacitação e Pesquisa em Meio-Ambiente (CEPEMA); Edutech Ambiental; Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas; Revista Fundações Obras Geotécnicas; Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo; Instituto Geológico; Instituto Estadual do Ambiente (INEA); Ministério do Meio Ambiente; Governo Federal; Rede Latino Americana de Prevenção e Gestão de Sítios Contaminados (Relasc); Portal Visite São Paulo; UK Trade & Investiment e Faculdade de Saúde Pública da USP. 
 
 
SERVIÇO
 
II CONGRESSO INTERNACIONAL DE MEIO AMBIENTE SUBTERRÂNEO
Local: Centro Fecomércio de Eventos, em São Paulo, Capital
Realização: Associação Brasileira de Águas Subterrâneas (ABAS)
Informações: (11) 3868-0726 / cimas@abas.org
Inscrições: www.abas.org/cimas
 
 
Atendimento à imprensa:
 
Marlene Simarelli, Isabella Monteiro e Larissa Stracci
marlene@artcomassessoria.com.br
isabella@artcomassessoria.com.br
larissa@artcomassessoria.com.br
Telefones: (19) 3237.2099 / (19) 8172.3185
Twitter: @cimas_abas
© 2017 - ArtCom Assessoria de Comunicação - webdesign CG Propaganda